MAPA ASTRAL

sábado, 13 de agosto de 2011

1465 MÃE É POESIA, PAI É PROSA


meu pai com meu filho



Pai, antes de mais nada obrigado pela vida. De sua força criativa tudo foi gerado. Ao pai de todos, aquele que todos chamam de criador, obrigado. Meu pai querido, terreno, companheiro e guerreiro, vc é tudo, eu te amo. Vc propiciou essa oportunidade de viver o milagre da existência. Tive a felicidade nessa encarnação de retribuir um pouco te apontando o caminho da cura e do reiki. Hoje vc faz seu caminho de luz como um curador, vivenciando uma autotransformação que para mim será sempre exemplo de sua integridade. Sua ética na vida sempre me orientou para que pudesse, nas esquinas por onde passei, escolher sempre o caminho do bem. Se fui um mestre que te apontou uma luz, vc foi o farol que me guiou quando o nevoeiro me obscurecia os olhos. Espiritualidade é ética. Obrigado meu pai, pelos valores que vc me legou. Te amo eternamente. Seu dia é sempre.
Meu filho, sei que toda condição humana é temporária, para mim, em verdade, vc me parece mais como um pai, pois vc também me é um farol a revelar os rochedos mais duvidosos e improváveis nos mares mais impossíveis. Desde sua chegada nesta vida, não há mais incertezas nem inseguranças, meu caminho se fez reto, claro e óbvio. Foi vc quem me apresentou o mais alto grau do amor, aquele amor renunciante e incondicional. Tenho certeza que, sem vc, não teria alcançado este nível de amorosidade, pois de tanto amar, aprendi a me amar em primeiro lugar. Mas eis que vc chega para me subtrair este conforto, egoísta e parcial, e me apresentar um alcance que eu desconhecia. Obrigado por tanta assertividade, por expandir meu amor a um nível maior, pela oportunidade de ser pai, pela imensa felicidade em ser seu pai. Peço ao Deus, Pai-Mãe do Universo que eu tenha a ombridade e amorosidade para o exercício da paternidade. Sempre considerei minha vocação, meu tesouro. Estava enganado, meu tesouro é vc, meu filho. Eu te amo eternamente.

Nenhum comentário: