MAPA ASTRAL

quarta-feira, 30 de março de 2011

1458 CURSO DE FORMAÇÃO HOLÍSTICA - 2011/2012

CURSO DE FORMAÇÃO EM TERAPIAS HOLÍSTICAS

TURMA 2011-2012


O Centro de Terapias Integradas é uma Instituição Formadora em Terapias Holísticas, que propõe um novo modelo de cuidar, tratar e perceber o Ser Humano a partir do paradigma Holístico que pressupõe a integração terapêutica.


De uma perspectiva Holística, o equilíbrio interno do Homem e sua interação organizada com a Natureza e o Cosmos representa o verdadeiro estado de saúde, posto que o equilíbrio individual sempre está remetido a um equilíbrio maior de vida, existência e consciência global. Para alcançar esse equilíbrio o indivíduo precisa trabalhar suas demandas energéticas-espirituais, psicológicas e biológicas.


É no contexto destas concepções que o Curso de Formação em Terapias Holísticas objetiva a capacitação de profissionais, terapeutas e indivíduos, conferindo-lhes instrumentos de ação terapêutica, bem como, dispositivos de pesquisa e análise de sua eficácia, através das diversas disciplinas que compõem um corpo de conhecimentos teóricos e práticos forjadores epistemológicos deste novo campo profissional na área da saúde.



Indo um pouco além, o Curso de Formação em Terapias Holísticas mais que um Curso em si é um caminho iniciático, porque o caminho do terapeuta é em si uma iniciação. Aquele quem fomenta o equilíbrio tem por obrigação cuidar de seu próprio equilíbrio. Tornar-se terapeuta exige, além da formação profissional, a experiência e uso contínuo de técnicas, práticas e conhecimentos milenares que constituem o fundamento de nossa Arte de Curar.



Disciplinas:

Racionalidades Médicas;

Ética Profissional;

Psicoterapia Holística;

Terapia Floral;

Reikiterapia;

Astrologia;

Radiestesia;

Cromoterapia;

Trofoterapia;

Terapia Mineral;

Técnicas Corporais; etc.



INÍCIO: 16 de ABRIL de 2011.

DURAÇÃO: 12 MESES.

HORÁRIO: 10:00 – 16:00 (1 SÁBADO POR MÊS).



COORDENADOR:

Everton Cardoso (21) 9552-0700

Antropólogo (UFRJ), Mestre em Saúde Coletiva (IMS/UERJ)

Psicoterapeuta Holístico, Astrólogo e Tarólogo

Professor e Escritor


MAIORES INFORMAÇÕES:
evertonyod@yahoo.com.br ou  9552-0700

1457 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA

Ao longo dos anos, os avanços na luta de combate contra o câncer mostram que a doença pode ser tratada, controlada e curada. E, mais importante ainda, pode ser prevenida. Cerca de 60% dos casos de câncer podem ser evitados a partir de hábitos de vida saudáveis, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). 

A MEDICINA DO FUTURO É A MEDICINA PREVENTIVA.
TODAS AS TÉCNICAS HOLÍSTICAS SÃO APROVADAS PELA OMS (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE) SÃO PREVENTIVAS, NÃO SOMENTE DO CÂNCER, MAS DE TODAS AS DOENÇAS.



1456 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA

Em um estudo recente, O Inca mostrou que, entre todos os tipos de tumores, 19% poderiam ser evitados com uma vida mais saudável. A melhor estratégia para a prevenção do câncer é aliar um alimentação equilibrada, a prática de exercícios físicos regulares e manter o peso controlado., segundo consta na publicação Políticas e Ações para Prevenção do Câncer no Brasil: Alimentação, Nutrição e Atividade Física. Tais medidas são capazes de prevenir 63% dos casos de câncer de faringe, laringe e boca; 52% dos casos em que a doença atinge o endométrio (camada que recobre o útero internamente) e 60% dos tumores de esôfago.

O levantamento também concluiu que 41% dos tumores no estômago, 37% dos de cólon e reto (partes do intestino grosso) e 34% dos tumores de câncer no pâncreas não aconteceriam se houvesse a combinação desses três fatores. O controle do peso pode ser capaz de evitar 13% desses tipos de câncer. Entretanto, uma pessoa obesa que se alimenta bem tem menos riscos de desenvolver um câncer do que aquela que se alimenta mal.

Neste ano, o Inca estimou a incidência de quase meio milhão de novos casos de câncer no Brasil - sendo a predominância de casos para as mulheres, com quase 20 mil casos a mais que os homens. O câncer de pele do tipo não melanoma (114 mil casos novos) foi o mais comum na população brasileira, seguido pelos tumores de próstata (52 mil), mama feminina (49 mil), cólon e reto (28 mil) e pulmão (28 mil).

1455 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Uma boa alimentação é o remédio
Um estudo feito pelo Instituto Americano de Pesquisa do Câncer estimou que cerca de 1/3 dos 1,4 milhões de casos de todos os tipos de câncer que ocorrem anualmente nos Estados Unidos poderiam ser prevenidos se as pessoas adotassem uma dieta saudável, com menos gorduras e alguns antioxidantes poderosos.

Alimentos como as frutas vermelhas são capazes de evitar o aparecimento de diversos tipos de câncer, em especial os de cólon, esôfago, pele, bexiga, pulmão e mama. Já a uva contém um antioxidante chamado resveratrol, que impede que células cancerosas desenvolvam-se na mama, fígado, estômago e sistema linfático.

"O tomate possui licopeno, um antioxidante importante na luta contra o câncer de próstata, mama, útero e melanoma (o mais agressivo tipo de câncer de pele)", explica a clínica-geral Juliana Korth. Ainda, os vegetais crucíferos, da família da couve-flor, repolho, couve e couve de Bruxelas, são ricos em isotiocianatos, substâncias que regulam um complexo sistema enzimático que protegem as células no nosso corpo contra o câncer de estômago, boca, faringe e laringe (garganta) e esôfago. 

1454 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Câncer de pele
O tipo de câncer mais comum no Brasil, o não-melanoma, tem como maior causa a exposição solar - influenciado pelo típico pensamento brasileiro de que bronzeado é um sinal de saúde. Proteger a pele do sol, previne o aparecimento de câncer de pele, além de mantê-la livre das rugas por mais tempo, pois previne o fotoenvelhecimento. Use protetor solar diariamente, mesmo nos dias nublados, para proteger a pele da radiação solar. A pele do rosto pede FPS de, no mínimo, fator 30.

Para manter-se longe do câncer de pele, vale ficar atento aos sinais que a pele dá e fazer um check-up médico pelo menos uma vez ao ano, no qual o profissional avalia sua pele e suas pintas. A maior parte é conferida a olho nu, mas algumas podem precisar de uma lupa especial que diferencia pintas normais de pintas cancerosas. Se houver uma pinta suspeita, ela é removida e enviada para exame de patologia.

De menor incidência, há ainda os melanomas, mais perigosos, que costumam invadir os tecidos sadios. "Os melanomas, em geral, crescem em locais onde existem pintas (escuras ou não). Além das pintas, são sinais: caroços brilhosos, claros ou que coçam, caroços avermelhados que sangram ou formam uma crosta, manchas avermelhadas ressecadas, ásperas e crostosas que não são resultado de machucados ou não desaparecem em até duas semanas", diz Juliana Korth.  

1453 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Câncer de próstata
A melhor forma de se prevenir contra o tumor de maior incidência entre os homens é incluir os exames preventivos na rotina de check-up. "Por ser uma doença que não apresenta sintomas em muitos casos, a recomendação é que homens com mais de 45 anos façam os exames de rotina anualmente", alerta o urologista e diretor da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), André Cavalcanti.

Os exames de rotina compreendem o exame digital da próstata (mais conhecido como toque retal) e o associado à dosagem de uma proteína chamada PSA. No primeiro, o médico consegue apalpar a próstata através do reto e verificar eventuais alterações no tamanho e consistência da glândula. Já a dosagem é feita a partir de um exame de sangue: se a taxa da proteína estiver elevada, é mais um indício da presença do tumor. Para evitar desde já esse mal, mexa-se! Correr com frequência diminui as chances de ter a doença, de acordo com um estudo publicado na revista Medicine & Science in Sports & Exercise.

Além disso, o estudo identificou que o risco de tumor na próstata diminuí conforme a distância percorrida. Os pesquisadores observaram que, quanto maior o trajeto feito por semana e quanto melhor a performance em um teste de 10 quilômetros, menos chances de sofrer com o problema os participantes tinham. Entre os corredores, os mais rápidos diminuíram o risco em 32%, quando comparados aos praticantes mais lentos. 

1452 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Câncer de mama
O câncer com maior incidência nas mulheres - e é também o que mais mata. A detecção precoce é fundamental para a sobrevivência da paciente. ?Para mulheres com mais de 35 anos, recomenda-se a mamografia anual, mas se abaixo dessa idade a mulher notar alguma alteração na mama, como secreção, retração ou feridas na pele, deve procurar um médico?, de acordo com o oncologista Edison Montoavani.

Um dos fatores de risco é a presença de familiares com câncer de mama ou de ovário ? e o risco é aumentado para quem já teve câncer em um dos seios. "A reposição hormonal também aumenta os riscos de desenvolver tumores na mama", diz Edison.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Boston University com mais de 51 mil mulheres e publicado no jornal American Journal of Epidemiology, mulheres que consomem vegetais com frequência estão menos propensas a desenvolver câncer de mama. Segundo os pesquisadores, alguns tipos de vegetais podem ter uma papel ainda maior na redução de chances de câncer de mama. Alimentos como brócolis, mostarda, couve e hortaliças verdes, são ricos em glucosinolatos, aminoácidos que tem um papel importante na prevenção e tratamento desse câncer.

Além deles, outros alimentos como alho, nabo, alface, abóbora e espinafre possuem menores quantidades de gluconisolatos, e devem fazer parte da dieta. Adicionar porções diárias de cenoura nas refeições é outra dica importante para combater a doença graças à presença dos carotenoides, substância antioxidante presentes nos vegetais alaranjados.

Outro estudo realizado por pesquisadores norte-americanos publicado no Journal of the National Cancer Institute apontou que adolescentes praticantes de exercícios físicos intensos diminuem as chances de sofrer com câncer de mama na fase adulta. A prática de atividade física deve começar por volta dos 12 anos e durar por dez anos para que a proteção contra a doença seja notada.

1451 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Cólon e reto
Os principais fatores de risco para o câncer colorretal são: ter mais de 50 anos, histórico familiar de câncer de cólon e reto; histórico de câncer de ovário, endométrio ou mama; dieta com alto conteúdo de gorduras, carnes e baixo teor de cálcio; obesidade e sedentarismo. Também são fatores de risco doenças inflamatórias do cólon como retocolite ulcerativa crônica, Doença de Cronh e algumas condições hereditárias. A colonoscopia é o exame que detecta os tumores no cólon e no reto.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde esse exame é recomendado em pessoas com mais de 50 anos de idade, principalmente naquelas que têm histórico familiar da doença. No entanto, os casos de pessoas com apenas 30 anos que apresentam lesões no intestino delgado tem aumentado, especialmente em homens.

Uma dieta rica em frutas, vegetais, fibras, cálcio (leites e derivados), folato (fígado, espinafre, brócolis) e pobre em gorduras animais é considerada uma medida preventiva. A ingestão excessiva e prolongada de bebidas alcoólicas deve ser evitada.  

1450 A PREVENÇÃO DO CÂNCER É HOLÍSTICA


Pulmão
O principal fator de causa é tabagismo, pois cerca de 85% dos casos ocorrem em fumantes. Nos últimos anos vêm ocorrendo um crescente número entre as mulheres assim como de pacientes tabagistas passivos.

Alguns sintomas do câncer de pulmão podem ser: dificuldade de respirar, tosse persistente, rouquidão e dor torácica e perda de peso ou de apetite. Recentemente, pesquisadores americanos descobriram uma associação entre a asma e o câncer de pulmão. De acordo com os cientistas, da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, observaram que 46,2% dos pacientes asmáticos também desenvolveram câncer no pulmão, enquanto que, dos pacientes sem a doença, 22,5% desenvolveram câncer no pulmão.

Um estudo recente da Chung Shan Medical University, em Taiwan, comprovou que o chá verde pode diminuir os riscos de câncer do pulmão em fumantes e o avanço da doença. Segundo a pesquisadora, os resultados são visíveis principalmente em fumantes que não são geneticamente suscetíveis ao aparecimento de câncer.

A diminuição dos riscos ocorre por conta dos antioxidantes presentes no chá, que impedem o desenvolvimento de células infectadas.