MAPA ASTRAL

domingo, 13 de dezembro de 2009

1356 CORPO E CULTURA


Deste modo, a definição de Cultura enquanto código, isto é, enquanto um aparato de regras interpretativas que permitem ao indivíduo atribuir sentido ao mundo em que vive, nos remete à outra noção essencial para a Antropologia: a noção de sistema. Compreender Cultura como sistema significa perceber e valorizar a racionalidade específica de cada sociedade. Toda Cultura desenvolve um ‘corpo coerente’, um conjunto composto de regras, ‘costumes’, crenças, comportamentos, etc., que dá sentido às partes. Portanto, mais do que as manifestações externas, empíricas das atividades de uma sociedade, a Cultura é conjunto de regras inconscientes subjacentes a estas manifestações. 


Tais códigos que organizam e conferem sentido ao mundo sensível e que constituem a Cultura consistem em representações, em aparelhos simbólicos comuns ao grupo. Como um mapa que orienta o comportamento do indivíduo, Cultura não se confunde com o território, é uma representação abstrata deste e que permite ao indivíduo decifrá-lo, dividi-lo, classifica-lo.

Nenhum comentário: