MAPA ASTRAL

sexta-feira, 10 de abril de 2009

1075 ENTEÓGENOS

Referências bibliográficas:

ACHTERBERG, Jeanne. Xamanismo e medicina moderna. 1ª ed. São Paulo:

Editora Summus, 1996. 236p.

ALBUQUERQUE, Ulysses P. de. A Jurema nas Práticas dos Descendentes

Culturais do Africano no Brasil. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. de. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 171-192.

ANDRADE, José Maria T. de. Jurema: da festa à guerra, de ontem e de hoje. Disponível em . Acesso em abril de 2004.

ARAÚJO, Wladimyr S. A Barquinha: Espaço Simbólico de uma Cosmologia em Construção. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 541-555.

ARTHUR, J. Mushrooms and Mankind. 1ª ed. Escondido, California: The Book

Tree, 2000. 98p.

CAMARGO, Maria T.L. de A. Jurema (Mimosa hostilis Benth) e sua Relação com os Transes nos Sistemas de Crenças Afro-Brasileiras. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 151-170.

COUTO, F.L.R. Sinais dos Tempos: Santos e Xamãs. Tese de Mestrado,

Universidade de Brasília, Brasília-DF, 1989.

DI STASI, Luiz C. Tropical Atlantic Forest (Mata Atlântica): Potential Source

of the New Products with CNS Activity. Arquivos Brasileiros de Fitomedicina

Científica, 1 (3): 143-146. 2003.

DOBKIN DE RIOS, Marlene. Visionary Vine: Hallucinogenic Healing in the

Peruvian Amazon. 1ª ed. Illinois: Waveland Press, Inc., 1972. 156p.

DOBKIN DE RIOS, Marlene. Curas con ayahuasca em um barrio bajo urbano.

In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976. p. 76-94.

ELIADE, Mircea. O Xamanismo e as Técnicas Arcaicas do Êxtase. São Paulo:

Martins Fontes, 2002. 559p.

FURST. Peter T. Alucinogenos y cultura. México: Fondo de Cultura Econômica,

1994. 341p.

GROISMAN, Alberto. Eu venho da floresta: Um estudo sobre o contexto simbólico do uso do Santo Daime. 1ª ed. Florianópolis, Santa Catarina: Ed. da UFSC, 1999. 140p.

GROISMAN, Alberto. Santo Daime in the Netherlands: An Anthropological

Study of a New World Religion in a European Setting. Tese de Doutorado, Univ. of London, Londres - Inglaterra, 2000.

GRUNEWALD, Rodrigo de A. A Jurema No “Regime De Índio”: O Caso Atikum. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 97-124.

HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha:

Punto Omega, 1976a. 223p.

HARNER, Michael. El ruído del agua que corre. In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976b. p. 26-37.

HARNER, Michael. El rol de las plantas alucinógenas em la brujería europea.

In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976c. p. 138-160.

HENMAN, A. A guerra às drogas é uma guerra etnocida. In: HENMAN, A. & PESSOA JR.O. Diamba Sarabamba. 1ª ed. São Paulo: Ground, 1986. p. 91-115.

HENMAN, A. & PESSOA JR. O. Diamba Sarabamba. 1ª ed. São Paulo: Ground, 1986. 163p.

KEIFENHEIM, Barbara. Nixi pae como participação sensível no Princípio de

Transdformação da Criação Primordial entre os índios Kaxinawá no leste do Peru. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 97-128.

KESINGER, K.M. El uso del Banisteriopsis entre los cashinahua del Perú. In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976. p. 20-25.

LABATE, Beatriz C. Plantas que curam. Disponível em

www.terramistica.com.br>. Acesso em 26/10/2003.

LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed.

Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. 736p.

LABATE, Beatriz C. A reinvenção do uso da ayahuasca nos centros urbanos.

Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004b. 535p.

LAGROU, Elsje Maria. Xamanismo e Representação entre os Kaxinawá. In: LANGDON, E. Jean Matteson (org.). Xamanismo no Brasil: novas perspectivas. 1ª ed. Florianópolis, Santa Catarina: Ed. da UFSC, 1996. p. 197-231.

LANGDON, E. Jean. Matteson. A Tradição Narrativa e Aprendizagem com

Yagê (Ayahuasca) entre os índios Siona da Colômbia. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado das Letras, 2004. p. 69-93.

LEARY, T., METZNER, R. & ALPERT, R. The Psychedelic Experience: a manual based on the Tibetan Book of the Dead. Disponível em shtml>. Acesso em 2002.

LUMBY, Marcus. Religions of the Twice-Born: Northwest Amazonian Ayahuasca Shamanism and Near-Death Experience. MAPS Newsletter, 8 (3): 16-17. 1998. Disponível em: . Acesso em 15/10/1999.

LUNA. Luis E. Vegetalismo: shamanism among the mestizo population of the Peruvian Amazon. Studies in Comparative Religion, Stockholm, Almqvist and Wiksell International, 1986.

LUNA, Luis E. Xamanismo amazônico, ayahuasca, antropomorfismo e mundo natural. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 181-200.

LUZ, Pedro. O uso ameríndio do caapi. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 37-68.

MABIT, Jacques. Produção visionária da ayahuasca no contexto dos curandeiros da Alta Amazônia Peruana. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 147-180.

MACRAE, Edward. Guiado pela Lua: Xamanismo e uso ritual da ayahuasca no

culto do Santo Daime. 1ª ed. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1992. 163p.

MACRAE, Edward. Santo Daime and Santa Maria: The licit ritual use of ayahuasca and the illicit use of cannabis in a Brazilian Amazonian Religion. International Journal of Drug Policy, 9: 325-338. 1998.

MACRAE, Edward. El Santo Daime y la Espiritualidad Brasileña. 1ª ed. Quito: Ediciones Abya-Yala, 2000. 100p.

MOTA, Clarice N. Sob as Ordens da Jurema: o xamã Kariri-Xocó. In: LANGDON, E. Jean Matteson (org.). Xamanismo no Brasil: novas perspectivas. 1ª ed. Florianópolis, Santa Catarina: Ed. da UFSC, 1996. p. 267-295.

MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. 192p.

MOTA, Clarice N. & BARROS, José F. P. O complexo da Jurema: Representações e Drama Social Negro-indígena. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 19-60.

MUNN, Henry. Los hongos de la lenguaje. In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976. p. 95-135.

OTT, Jonathan. Ayahuasca Analogues: Pangean Entheogens. 1ª ed. Kennewick, WA: Natural Books Co., 1994. 127p.

PELÁEZ, Maria C. No mundo se cura tudo: Interpretações sobre a “Cura

Espiritual” na Santo Daime. Tese de Mestrado, Universidade Federal de Santa

Catarina, Florianópolis - Santa Catarina, 1994.

PINTO, Clélia M. A Jurema Sagrada. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 125-150.

REESINK, Edwin. Raízes Históricas: a Jurema, Enteógeno e Ritual na História

dos Povos Indígenas no Nordeste. In: MOTA, Clarice N. & ALBUQUERQUE, Ulisses P. As muitas faces da jurema: de espécie botânica à divindade afro-indígena. 1ª ed. Recife, Pernambuco: Ed. Bagaço, 2002. p. 61-96.

ROBINSON, Rowan. O Grande Livro da Cannabis: Guia completo de seu uso

industrial, medicinal e ambiental. 1ª ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1999. 135p.

RODRIGUES, E. & CARLINI, E.A. Possíveis Efeitos sobre o Sistema Nervoso

Central de Plantas Utilizadas por Duas Culturas Brasileiras (quilombolas e índios. Arquivos Brasileiros de Fitomedicina Científica, 1 (3): 147-154. 2003.

SAMORINI, G. Animals and Psychedelics: The Natural World and the Instinct to Alter Consciousness. Rochester, Vermont: Park StreetPress, 2002.

SCHULTES, R.E., HOFMANN, A. Plants of the gods: their sacred, healing, and hallucinogenic powers. 1ª ed. Rochester, Vermont: Healing Arts Press, 1992. 192p.

SCHVARTSMAN, S. Plantas venenosas e animais peçonhentos. 2ª ed. São Paulo: Sarvier, 1992. 288p.

SISKIND, Janet. Visiones y curas entre los sharamahua. In: HARNER, Michael.

Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976. p. 38-50.

SPINELLA, M. The psychopharmacology of herbal medicine: plant drugs that alter mind, brain and behavior. 1ª ed. Londres, Inglaterra: The MIT Press, 2001. 578p.

TAYLOR, Kenneth I. A Geografia dos Espíritos: o xamanismo entre os Yanomami setentrionais. In: LANGDON, E. Jean Matteson (org.). Xamanismo no Brasil: novas perspectivas. 1ª ed. Florianópolis, Santa Catarina: Ed. da UFSC, 1996. p. 117-151.

WEISS, Gerald. Chamanismo y sacerdócio a la luz de la cerimônia Del ayahuasca entre los campa. In: HARNER, Michael. Alucinógenos y chamanismo. 1ª ed. Madrid, Espanha: Punto Omega, 1976. p. 51-58.

ZULUAGA, Germán. A Cultura do Yagé, um caminho de índios. In: LABATE, B. C. & ARAÚJO, W. S. (orgs.). O uso ritual da ayahuasca. 2ª ed. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004. p. 129-145.

Nenhum comentário: