MAPA ASTRAL

quarta-feira, 25 de março de 2009

1013 DEVIR

O que será do amanhã? Responda quem puder O que irá me acontecer? O meu destino será como Deus quiser Sambinha da minha Ilha cantado por Haroldo Melodia, puxador de samba histórico, é um primor dos sambas-enredo do carnaval carioca. Sem dúvida, mas indo além, resgatando o tema ... essa é a questão do momento: o que acontecerá conosco, raça humana? O que meus filhos herdarão? Qual Terra? É amigos, fudeu... as medidas eram para terem sido tomadas ontem - ou melhor, a partir dos anos 60, mas independente disso, por agora ou melhor entre 2012 e 2015, a Terra deve viver alguma modificação geográfica considerável... Aquecimento Global + Calendário Maia... Ação do Homem + Forças Cósmicas e Naturais... tende a colapso. O que podemos fazer? Trabalhar a Integridade, enquanto um valor humano fundamental... momentos de crise são importantes oportunidades de crescimento... é momento de fazer a opção ética, de ser ético... principalmente nas relações. Ética Emocional em primeiro lugar ser verdadeiro com os próprios sentimentos, responder a eles, segui-los... o velho caminho do coração que conduz à suprema felicidade daí ser verdadeiro com as outras pessoas, incondicionalmente... o que implica em não trair o outro... muito difícil, mas o sacrifício ético é o exercício da Integridade não por uma questão moral, de repressão sexual... pois o sexo é vida e é fundamental para a saúde e longevidade, se quiser estar livre para transar é só não se comprometer, mas seja verdadeiro, diga a verdade para si mesmo se fica a fim de transar com outra (o), então não está no momento de se comprometer ou tenta aquecer sexualmente sua vida conjugal... se não der certo, coloque novamente seu traseiro no mercado e ... vai vadiar, vai vadiar, vai vadiar, vai vadiar... beleza quando chega a hora de sentar poeira, honestidade sempre em primeiro lugar por seus próprios sentimentos pelas pessoas e pelas relações "somos eternamente responsáveis por aqueles que cativamos" Exupéry forever sem cagação de regra mas uma coisa está ligada à outra: o destino da raça humana e desenvolvimento ético esse é o exercício do beija-flor que cada um de nós deve praticar como nos conta Bergson, outro que continua atual:

Mas, quer optemos pelos grandes meios ou pelos pequenos, uma decisão se impõe. A humanidade geme, meio esmagada sob o peso do progresso que conseguiu. Ela não sabe o suficiente que seu futuro depende dela. Cabe-lhe primeiro ver se quer continuar a viver. Cabe-lhe indagar depois se quer viver apenas, ou fazer um esforço a mais para que se realize, em nosso planeta refratário, a função essencial do universo, que é uma máquina de fazer deuses.”

Nenhum comentário: