MAPA ASTRAL

terça-feira, 11 de novembro de 2008

866 11:11

Este exercício desafia o eu do velho paradigma a respeitosamente descer do pódio de onde ele governa a sua vida e abdicar do controle, passando-o para o aspecto superior do ser humano que você está se tornando. Este é um dos exercícios mais importantes que você vai fazer para si mesmo neste momento. O propósito por trás deste exercício é sustentar o fechamento daqueles pontos de acesso que as trevas têm usado para acessar os seus medos. Você só pode liberá-los quando enxergar o que você viveu em relação aos seus medos, suas crenças e atitudes a respeito de si mesmo. Suas mágoas se transformam naquilo que o motiva e que motiva o seu comportamento, que muitas vezes se manifesta como concessão, auto-sabotagem e autoferimento, dizendo sim quando queria dizer não e vice-versa. Todos os seus medos… quando você conseguir enxergar o que esses medos são e se lembrar do que eu lhe disse no começo – que tudo que está dentro do medo, acima dele, abaixo, diante, atrás e de cada lado dele é ilusão – você vai começar a compreender que o ser humano superior e sábio tem dentro da sua essência a capacidade e as ferramentas para transmutar tudo isso. Esta é uma das suas maiores iniciações e "testes", por assim dizer, como alquimista. O alquimista precisa transformar sua própria vida antes de poder praticar verdadeiramente a alquimia com os outros. O processo alquímico é a abertura do coração de cristal, aquele lugar dentro de você que contém a essência pura de Deus e da Deusa, duas expressões divinas do mesmo eu. A carta que Deus e a Deusa estão lhe dando contém a verdade. Seu desafio em relação a isto é aceitar a verdade a respeito de si mesmo. A maioria das pessoas tem dificuldade em fazer isto, porque elas, assim como você, construíram suas identidades com base nas crenças e medos falsos do seu passado, independente de poder prová-los ou não. Tenho uma pergunta para você: você ainda está querendo viver sua vida motivado pelas projeções amedrontadoras e julgadoras do mundo externo, ou está pronto para ser o seu eu autêntico?

Nenhum comentário: