MAPA ASTRAL

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

851 GRAVIDEZ 16ª SEMANA

16ª SEMANA

Idade do feto: Semana 14

Tamanho do bebê: A medida de seu bebê esta semana, da cabeça ao bumbum, deve variar entre 108 e 116mm. E ele vai estar pesando 80g aproximadamente.

Desenvolvimento do embrião: As unhas estão bem formadas e pernas e braços estão mais longos agora, pernas mais longas que os braços. À cada semana que passa fica melhor para distinguir o sexo do bebê e é bom sempre lembrar o seu médico de verificar novamente se você vai querer saber o sexo do bebê com antecedência.

Dependendo de sua sensibilidade, será possível começar a sentir os movimentos do bebê à partir dessa semana mas, ainda pode ser muito cedo para a maioria das mulheres.

Mudanças em seu corpo: Conforme o seu bebê está crescendo e desenvolvendo, da mesma forma está o útero e a placenta. Há seis semanas atrás, o seu útero pesava 140g. Agora ele pesa 250g. A quantidade de líquido amniótico em volta do bebê também está aumentando. Há no momento, em torno de 250ml de líquido. O útero pode ser sentido por volta de 7,6cm abaixo do seu umbigo.

Entre 16 e 18 semanas de gestação o seu médico pode pedir um teste de Alfa-fetoproteína. Esse serve para indicar problemas como anencefalia e espinha bífida.

Agora que sua barriga está começando a crescer, é um bom momento para começar a reeducar sua posição para dormir. Nos próximos meses e especialmente no último trimestre da gravidez ficará cada vez mais difícil de encontrar uma posição confortável para dormir, por isso, comece desde já a deitar-se de lado. Dormir de costas não é uma boa idéia pois o peso do seu útero em crescimento põe muita pressão em veias importantes como a aorta que corre atrás do seu abdômen. Isso pode diminuir a circulação para o seu bebê e partes de seu corpo. Algumas mulheres sentem como se não pudessem respirar direito ao deitarem nessa posição.

Dormir de bruços põe muita pressão sobre o útero em crescimento. Não é recomendável à partir de agora. Tente acostumar-se a dormir de lado daqui para a frente.

Nenhum comentário: