MAPA ASTRAL

domingo, 19 de outubro de 2008

845 HORÁRIO DE VERÃO BRASILEIRO

Está em vigor desde a 0h deste domingo (19) o horário de verão 2008-2009. Os relógios devem ser adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Essa é a 38ª edição do programa, que vai durar até o dia 15/2/2009, por determinação do Operador Nacional do Sistema (ONS), entidade privada que administra o plano e é fiscalizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A partir do ano que vem, em função de um decreto presidencial, as datas do horário de verão serão fixas – começo no terceiro domingo de outubro e fim no terceiro domingo de fevereiro. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a principal meta do horário de verão é diminuir a demanda máxima durante o horário de pico do sistema elétrico brasileiro. A mudança de comportamento dos consumidores aliada ao retardo do início da utilização da iluminação pública reduz o consumo de energia. Para este ano, o ONS espera reduzir a demanda no horário de pico entre 4% e 5%, o que corresponde a cerca de 2 mil MW. No Sudeste e no Centro-Oeste, a queda deve chegar a 1.790 MW, o que atenderia cinco milhões de habitantes, metade da população de São Paulo, por pouco mais de um dia. Segundo estimativa da Empresa de Pesquisa Energética, são necessários 1.428 MW para abastecer um município com essa quantidade de moradores. No Sul, estima-se que a economia será de 528 MW, suficiente para uma cidade de 1,5 milhão de habitantes, como Porto Alegre. No ano passado, houve uma redução de 1.557 MW (4,2% da demanda) nas regiões Sudeste e Centro-Oeste e de 480MW (4,8% da demanda) na região Sul. A diminuição no consumo gerou uma economia de cerca de R$ 2 bilhões. Com esse montante, poderiam ser construídas duas térmicas a gás natural, capazes de atender integralmente a essas três áreas. A medida abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Segundo o Ministério, o alcance é explicado pelo fato de esses locais conseguirem aproveitar de forma mais eficiente a luz solar dessa época do ano. A mudança de horário no período do verão é um recurso adotado por diversos países do Hemisfério Norte (de março a outubro) e do Hemisfério Sul (outubro a março). Entre eles estão grande parte da Europa, Estados Unidos, Rússia, Austrália, Nova Zelândia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Nenhum comentário: