MAPA ASTRAL

sábado, 23 de agosto de 2008

784 2012

Geoglifos

O Projeto Bluebeam também considera que os fenômenos dos círculos nas plantações não têm que ser necessariamente extraterrestres ou “sobrenaturais”, como a maioria dos investigadores acredita. Poderia ser, mas não tem que ser. No período anterior ao primeiro aparecimento dos complexos padrões nas plantações nos anos 80, a tecnologia que poderia criá-los já tinha sido desenvolvida. É um dispositivo que projeta uma coluna de raios-gama de alta freqüência desenvolvido para o exército. Algumas das principais características dos círculos genuínos (muitos são uma fraude) são: os talos dobram na junta mais baixa, mas não quebram; a estrutura da célula muda; os padrões dos círculos emitem microondas; animais mortos dentro dos círculos são carbonizados; um som de alta freqüência ou um barulho de click é ouvido quando o padrão é formado; luzes de plasma às vezes são vistas. Cada um destes efeitos pode ser causado pela coluna de raios-gama do dispositivo. O cientista e pesquisador Brian Desborough diz:

“A coluna de raios-gama de alta freqüência faz com que a umidade nas juntas fervam, inchando e amolecendo as células das juntas e fazendo com que a palha dobre na direção do raio. Tais colunas, controladas à distância, por computador, são capazes de criar detalhes extremamente precisos; o som de alta freqüência que é emitido dos círculos recentemente formados sugerem fortemente que os sistemas de colunas empregados neste ato enganoso integram a tecnologia de Mossbaur. O solo dentro do círculo emite radiação e qualquer criatura infeliz o bastante que fosse irradiada pela coluna de raios seria carbonizada… antes de começar um círculo na plantação, a coluna de raios-gama precisa ser ajustada para o foco e intensidade. Isso pode ser a explicação para as depressões circulares menores normalmente encontradas adjacentes ao círculos nas plantações”.

Algumas pessoas perguntarão por que, se eles são feitos pelas autoridades, tal esforço teria sido feito para os desacreditar com fraudadores, até o ponto onde a mídia agora os ignora. É uma pergunta muito boa, mas o fato de que a tecnologia humana pode fazê-los permanece, e nós devemos saber disso. Desborough sugere que o vôo 800 da TWA, o jumbo que explodiu logo após a sua partida de Nova Iorque, foi atingido por uma coluna de raios de Mossbaur. A autópsia nas vítimas revelou que o sangue delas tinha coagulado nas veias e os seus cérebros tinham virado uma “pasta”. Isso é o que a arma produziria, e na ocasião a aeronave estava voando perto da Base Naval de Pesquisas Brookhaven, onde esta mesma arma foi desenvolvida.

Nenhum comentário: