MAPA ASTRAL

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

340 OS LIMITES DA ASTROLOGIA

A astrologia não se baseia exclusivamente na força Destino

ele se insere justamente na relação

destino x livre-arbítrio

todos nós nascemos dentro de um certo contexto - no entender de Gilberto Velho, um certo

campo de possibilidades - mas todos nós temos nossa volição - ainda segundo GV, nossos

projetos individuais...

O limite da astrologia é q ela não define nível de consciência

p ex.

imagine q 2 indivíduos tenham nascido no mesmo dia/hora/cidade

eles têm o mesmo mapa astral

e assim o mesmo campo de possibilidades

na leitura dos arquétipos astrológicos

mas a consciência determina o modo como lidamos com nossas experiências,

p ex digamos q um deles seja mais desenvolvido em termos de consciência

do q o outro,

se esses “gêmeos astrológicos” fôssem

piscianos ambos seriam afetados por essa energia arquetípica,

peixes é o último signo, então seu impulso básico

é transcendência

um, mais consciente, será um grande artista, ou místico ou terapeuta, um humanista...

o outro, menos,seria alguém dependente, alguém q foge às responsabilidades...

assim a análise astrológica ao apresentar o campo de possibilidades

no qual o indivíduo se insere pode ajudá-lo no exercício de seu livre-arbítrio

a ser mais consciente de suas dualidades e mais preparado

em seu exercício de autoconstrução

a erigir para si uma melhor trajetória na vida

oriento pessoas há mais de 15 anos

eu posso dizer

a astrologia não erra

os meus clientes de astrologia

acabam fazendo terapia comigo

muitos impressionados com a interpretação do mapa

não pretendo nenhuma unanimidade

pois como diria Nélson Rodrigues

"toda unanimidade é burra"

mas os fatos mostram por si...

namastê

Nenhum comentário: