MAPA ASTRAL

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

83 LOS HERMANOS

artilheiro nato: Mario Kempes

DETALHES WIKIPEDIA:

A Copa do Mundo de 1978 foi a 11ª Copa do Mundo disputada, e contou com a participação de 16 países. 97 países participaram das eliminatórias. O campeonato ocorreu na Argentina.

Foi uma copa no mínimo estranha. A Argentina, dona da casa, obrigou seus principais oponentes a viajar muito, enquanto ela sediava quase todos os jogos em Buenos Aires.

A seleção brasileira foi à Argentina comandada por Cláudio Coutinho mas não se encontrou na 1ª fase. Só se classificou com um gol de Roberto Dinamite contra Áustria em uma vitória que não precisava ser tão sofrida.

A ótima seleção italiana, de Cáusio, Rossi, Zoff, ganhou da Argentina, Hungria e França na primeira fase e partiu para a segunda fase como favorita.

A Holanda, sem Cruyf não era a mesma e teve dificuldades em se classificar. Venceu o fraco Irã por 3 a 0, depois empatou com o Peru 0 a 0 e perdeu da Escócia por 3 a 2. O Peru foi a grande sensação do grupo, com seu futebol clássico e técnico, que tinha em Cubillas seu principal artífice. Venceu ainda na primeira fase a Escócia por 3 a 1 e goleou o Irã por 4 a 1.

Alemanha Ocidental e Polônia dividiram as vagas de seu grupo entre si sem maiores dificuldades. Estavam na segunda fase, grupo A - Argentina, Peru, Brasil e Polônia e no grupo B - Alemanha, Itália, Holanda e Áustria.

Na segunda fase a Itália caiu diante da Holanda que embalou. A laranja mecânica ressurgiu das cinzas e empatou com a Alemanha em 2 a 2 e goleou a Áustria por 5 a 1. A vitória sobre a Itália mandou a Holanda para a final e a Azurra para a disputa pelo 3º lugar.

No grupo de Brasil e Argentina, um escândalo: o time do Peru literalmente abriu mão do direito de jogar e passeou em campo dando à Argentina uma vitória de 6 a 0, o suficiente para os portenhos irem à final da Copa no lugar do Brasil. Embora sob suspeita, não dá pra dizer que os argentinos não tinham mérito. O técnico Menotti treinava um time que tinha Kempes, Fillol e ainda abriu mão de Maradona por ser muito jovem na época. O Brasil disputou então o 3º lugar contra a Itália e ganhou por 2 a 1 com um golaço espetacular de Nelinho.

Na final Argentina 1 a 1 Holanda no tempo normal, com uma bola na trave a favor da Holanda no último segundo de jogo. Na prorrogação o fim, 2 gols portenhos e Argentina 3 a 1 na Holanda. Argentina campeã do mundo!

Nenhum comentário: