MAPA ASTRAL

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

37 QUEM JÁ VIU UM OVNI?

foto tirada por Paula Demétrio, na praia de Quarteira,
Algarve/Portugal, em 02/10/2004 às 12:10.
...
No ano de 1997, defendi minha dissertação de mestrado no Instituto de Medicina Social da UERJ, intitulada "Para não dizer que eu não falei das flores: Terapia Floral e ideologia moderna", mas além deste fato outra coisa extraordinária me ocorreu naquele ano. Como estava vivendo um "dead line" no mestrado, fui morar com minha então sogra em Petrópolis, para me dedicar exclusivamente ao processo de escrever a dissertação. Passada as festas de fim de ano, comecei a pôr as mãos na massa. Isso em janeiro de 1997, há 10 anos. Já na primeira semana, por volta das 19:00, e praticamente todos os dias depois disso durante meses, aconteceu um "apagão" em alguns bairros da cidade e entre os mais atingidos, o bairro de Valparaíso, onde estava - lembro que sempre mais ou menos nessa hora ficava escrevendo e salvando direto no computador, com medo do apagão deletar o que havia escrito. Num final de semana, a família estava reunida, quando aconteceu o apagão e alguém de brincadeira falou, "vamos para o quintal que vai aparecer um disco voador"... de fato, uns 15 minutos depois, apareceu um objeto no céu, mas parecia um avião ou mesmo um balão, e só. Todos os dias quando acontecia o apagão esse objeto aparecia no céu sempre na mesma trajetória - como se estivesse vindo de Itaipava e indo para o Rio de Janeiro. Em outro fim de semana com a família, pegamos o telescópio para tentar ver melhor o objeto e, sem dúvida, não era um avião, nem mesmo um balão parecia... mas como ele sempre estava muito longe, não podíamos concluir nada... Um dia, durante a semana, só estava em casa eu e minha ex-sogra, Marcia e, como sempre, veio o apagão... eu larguei o computador, Marcinha, seus afazeres e nos encontramos na cozinha, entre velas e cafés, resolvemos olhar o "disco", fomos para o quintal e, também como sempre, depois de algum tempo avistamos o estranho objeto no seu percurso de sempre, acima citado... quando o objeto ultrapassou a casa, Márcia me chamou para ir à varanda com ela para que pudesse cuidar de seus cães. A varanda da casa fica de frente para a rua, uma típica rua petropolitana, uma ladeira do outro lado da fábrica de chocolate Patrone. A casa, ao final da ladeira, na altura de outros morros vizinhos, bem de frente ao morro do Moren onde se encontram várias torres de transmissão. Márcia se entretinha com suas tarefas de criadora e eu ainda olhando o objeto que tinha passado por sobre a casa e estava muito longe, alto no céu, na direção do Rio de Janeiro. De repente, por trás do morro e das torres do Moren, surgiu na nossa frente um objeto exatamente igual ao que estávamos vendo há dias mas que sempre fôra visto muito alto, distante. Dessa vez, ele apareceu muito mais perto, muito grande - estávamos há menos de 2 km de distância - como fôsse da forma de um bolo duplo gigante, do tamanho vários prédios juntos, de cor amarela e laranja. Surgiu por trás do morro e subiu devagar no céu, perpendicularmente ao solo e quando ficou bem pequeno, seguiu num rápido movimento, para o percurso que o anterior havia trilhado. Ficamos completamente estupefatos, só conseguimos balbuciar algo tipo "vc tá vendo isso!?"... Já havia visto objetos e luzes estranhas muitas vezes, mas essa experiência foi a mais intensa, por ser tão de perto e tão óbvia, que vivi em minha vida em termos de avistamento ufológico. Dias depois, fui ao Rio, ver o apê, se estava tudo bem, quando estava no Centro para pegar o ônibus para Petrô, no Castelo, vejo em uma banca de jornal, por incrível que pareça, na capa do Jornal "O Povo", uma foto de um OVNI igual ao que vimos, com a manchete algo assim: "OVNI causa apagão". Comprei o jornal, que acabei deixando em Petrópolis... Quero resgatar essa foto pois é um registro daquilo que vimos, mais ainda do que sabíamos...
na Casa de Deus, há muitas moradas...
...
quem já viu um ovni?

4 comentários:

Anônimo disse...

já vi em forma de charuto...
em 1988 entre Araruama e São Pedro D'Aldeia

estávamos em cinco dois casais
e um amigo

eram por volta de 01:00 da madruga
outros carros pararam para ver

ficou no céu por mais de 10 minutos
parado

depois prosseguimos viagem
não vimos nenhuma notícia
a respeito

legal esse tema

Márcia disse...

Eu tive sorte de ver duas vezes em lugares e datas diferentes.
A mais recente em 2000, estava na praia de Ipanema. Final de tarde, eu meu ex-marido estávamos já levantando as kangas. Num céu de inverno mais pra branco que azulado, surgiu algo luminoso no céu e ficou parado . Chamei a atenção dele, ele olhou e não respondeu as minhas repetidas perguntas: "O que é isso?" Olhei a volta pra ver se alguém mais percebia aquele estranho objeto luminoso que se fixou por alguns instantes na Praia de Ipanema e de repente, muito rapidamente, riscou o céu e sumiu.
Beto continuou dobrando a kanga e não comentou nada, como se o que víssemos fosse algo assim, rotineiro. Acho que por isso ele virou ex.. rsrs
Mas a primeira vez que eu vi um OVNI foi fantástico mesmo. Em Saquarema, 1979 havia um barzinho com mesas na janela que dava um brisa boa e um visual bem bacana. Era noite e eu de dentro do bar em pé avistei algo cirular do lado de fora amarelo e laranja, rodando. Parecia querer que nós víssemos.Fixei os olhos na luz que entrava pela janela e fui em diração à ela.
Fui em direção à mesa perto da janela onde tinha dois rapazes que se espantaram com a minha aproximação e disse olha lá pra fora e me diz o que é aquilo?
Os dois ficaram boqueabertos e balbuciaram algo tipo "não sei, nunca vi nada igual". E eu respondi, "que bom que vcs também viram". A luz ficou durante alguns segundo rodando e cintilando . Pouco depois rasgou o céu e sumiu.

CENTERIN disse...

Vi muitas vezes em Petrópolis
e nas serras em geral,Açu, Sino, Mauá, Friburgo, Carangola, sertão da Bahia, Alcântara...
Luzes e objetos metálicos
naquele mesmo período que relato, em janeiro de 1997, durante dias observei de casa, no chapadão do Açu uma luz muito intensa - como já fui inúmeras vezes acampar na região sei que não há nada ali que pudesse emitir aquela luz -
Quem me mostrou foi meu então cunhado, Adriano, ele já observava o objeto com telescópio desde a noite anterior e quando me mostrou no dia seguinte, vi um enorme objeto luminoso pousado no chapadão do Açu. Ele ficou por alguns dias,depois sumiu.

Suely disse...

Certa vez,na praia Grande em São Paulo,olhando pro céu como de costume,vi um objeto luminoso,mas como era à noite,não vi a forma dele,mas avião não para no céu,e nem vai e volta e depois some do nada......Estou sempre envolvida com pessoas que já viram um ovni,eu mesma olho para o céu desde criança como que esperando aparecer algo,tenho sonhos....recentemente resolvi mudar meu estilo de pintura em tela
e comecei a pintar mandalas,sem saber o significado,passado um mes,tinha alguns quadros prontos,e como mágica veio até mim um livro(O LIVRO AZUL DIVINO,ROBERT PERALA)
com fotos de Crop Circles,muito parecidas com minhas mandalas....
é o meio de uma história....