MAPA ASTRAL

sábado, 21 de julho de 2007

15 FLORAIS DE BACH

38 Essências e os 7 Grupos 1 SOLIDÃO: 1- Impatiens (Impatiens Glandulifera). São pessoas rápidas de pensamento e ação, querem tudo rápido (“prá ontem'!), sem hesitações e atrasos. Não têm paciência com pessoas mais lentas. Como possuem um ritmo muito acelerado acabam se isolando dos outros. Doentes, ficam ansiosos para se restabelecerem. São extrovertidos, espontâneos, enérgicos. 2- Water Violet (Hottonia Palustris). Preferem estar só. Pessoas silenciosas, independentes, capazes, orgulhosas, que não se misturam com outras pessoas. Não se deixam levar pelos outros. Reservadas, seguem seu próprio caminho; são inteligentes e talentosos. Podem tornar-se vaidosos, altivos, indiferentes. “Síndrome do Ser Superior”. 3- Heather (Calluna Vulgaris). A pessoa é ansiosa, carente, “chata”, exagerada, impressionável, insegura, pegajosa, queixosa, tagarela. Não quer ouvir, pois se considera o centro das atenções... Vivem buscando alguém para discutir seus problemas. 2 MEDO: 4 - Red Chestnut (Aesculus Carnea). Para pessoas superprotetoras, que se preocupam demais com os outros, sem serem possessivas. Sempre receiam pelo pior. Medo pelos outros. 5- Cherry Plum (Prunus Cerasifera). Para aqueles que passam por prolongado sofrimento físico ou mental e se encontram perturbados, confusos, ansiosos, deprimidos. Para o medo de perder o controle, a razão, medo de se fazer coisas horríveis, indesejáveis, embora a pessoa pense nela e se sinta impelida a praticá-las. 6- Aspen (Populus Tremula). Para indivíduos que sofrem de medos vagos, indefinidos, especialmente na hora de dormir. São tomadas por pressentimentos terríveis. Pessoas sensíveis, mediúnicas, muito vulneráveis. 7- Mimulus ( Mimulus Guttatus). Para indivíduos acometidos por medos concretos, identificáveis, do mundo, de doença, pobreza, escuridão, de estar só, por exemplo. Medos secretos, falta de coragem, timidez, dificuldades sociais, inibições sexuais. 8- Rock Rose (Heliantheenm Nummularium). O indivíduo é hipersensível, médium, muito dependente. Remédio do pânico. Bom para casos de emergência, e momentos de desesperança. Acidentes e enfermidades repentinas. 3 INDECISÃO: 9- Gorse (Ulex Europaeus). A pessoa é acomodada, apática, desanimada, desesperada, negativista, insegura, indecisa, resignada, triste. Em casos de grave desespero, quando se perdeu toda a fé; em sofrimentos prolongados. 10- Hornbean (Carpirus Betulus). A pessoa é cansada, debilitada, desgastada, exausta , estafada, indecisa, preguiçosa, sedentária, incapaz de enfrentar a rotina diária da vida. É o remédio da 2º feira de manhã.Bom para cansaço psíquico, “ressaca mental” (TV, computador, drogas, leitura), impotência, quando há dificuldade em manter a ereção.
11- Gentian (Genianella Amarela). Falta de fé e desânimo. Para pessoas que desanimam com facilidade, podem ter grandes projetos, mas se desestimulam quando as perspectivas não são pronta-mente correspondidas. São os “Profetas do Apocalipse”. Para convalescentes, recaídas, dúvidas, indecisão, depressões leves, pessimismo, separações. 12- Scleranthus (Scleranthus Annuus). É para os indecisos “clássicos”. Aqueles que não conseguem se decidir entre uma duas coisas, entre dois caminhos. Existe grande dificuldade em se tomar decisões, dúvidas antes de agir, hesitações... A pessoa é calma, calada, tranqüila, carrega consigo suas dificuldades racionais. 13- Cerato (Ceratostigma Willmottiana). Para os que sofrem de falta de confiança em suas próprias idéias e opiniões e precisam escutar constantemente outras pessoas para tomarem suas decisões. Há falta de confiança em geral, desprezo por sua sabedoria interior. São geralmente pessoas inquietas mentalmente, tagarelas, fofoqueiras.
14- Wild Oat (Bromus Ramosus). A pessoa é ambiciosa, ansiosa, descontente, frustrada, habilidosa, inquieta, obstinada. Vive na ansiedade de descobrir sua vocação, ou escolher um caminho para realização pessoal. Têm muita dificuldade para escolher sua profissão.
4 INFLUÊNCIA EXCESSIVA A OPINIÕES: 15- Centaury (Centaurium Erythraea). Para pessoas hipersensíveis, delicadas, frágeis, ansiosas por servir aos outros, não sabem dizer não e facilmente são usadas. Têm postura de passivo-dependentes, de bodes expiatórios. 16- Agrimony (Agrimonia Eupatoria). Para indivíduos que mascaram seus problemas atrás de bom humor e sorrisos. Pessoas joviais, alegres, que não gostam de discussões e brigas e que escondem seus problemas dos outros. Podem estar sofrendo, mas continuam sorrindo. Aparenta tranqüilidade, mas amiúde sofrem de tortura mental e vícios secretos.
17- Holly (Ilex Aquifolium). A pessoa é amargurada, agressiva, carente, ciumenta, egoísta, explosiva, furiosa, invejosa, irritada, mal-humorada, rebelde, revoltada, vingativa, violenta, ativa e dinâmica. Aparentemente, não existe uma causa real para tais insatisfações. 18- Walnut (Juglans Regia). A pessoa é bondosa, idealista, influenciável, inconstante, insegura, sensível e prestativa. É o floral para “desatar amarras e começar a viver”. Também serve para proteção. Especialmente em curadores. 5 DESINTERESSE NO PRESENTE: 19- Clematis (Clematis Vitalba). Para aqueles indivíduos “blasé”, indiferentes, ausentes, sonolentos, nunca estão totalmente despertos, são indolentes, sonhadores, vivem “no mundo da lua”... Há sempre uma espera por “dias melhores”, e falta-lhes interesse pela vida. Quando doentes, não e esforçam para uma melhora e podem até desejar a morte. 20- Honeysuckle (Lonicera Caprifolium). A pessoa é distraída, arrependida, envelhecida, fantasiosa, saudosa, solitária, por vezes preguiçosa. Há um esquecimento do Aqui-Agora, e uma grande falta de fé que se possa ser feliz de novo. 21- Chestnut Bud (Aesculus Hippocastamun). A pessoa é atrapalhada, desajeitada, desatenta, distraída, impaciente, ingênua, insegura, superficial. Há lentidão na aprendizagem por falta de observação, repetição de padrões e um não aproveitamento das experiências vividas.
22- Mustard (Sinapis Arvensis). A pessoa é apática, atormentada, deprimida, desanimada desesperada, indiferente, inferiorizada, introvertida, pessimista, triste. Tem tudo para ser feliz, mas sem qualquer motivo aparente, entra em depressões que podem durar meses. 23- Olive (Olea Europaea). A pessoa é apática, cansada, fraca, deprimida, desanimada, esgotada, trabalhadora, pacifista, sofrida. A vida cotidiana tornou-se um fardo. Há grande exaustão física e mental (o floral age como um tônico.). 24- White Chestnut (Aesculus Hippocastamun). A pessoa é atormentada, ansiosa, confusa, conflituosa, depressiva, desinteressada, esgotada, falante negativista, insone, intranqüila, obsessiva. Sofre tortura psicológica causada por pensamentos obsessivos e desagradáveis, que não consegue evitar. 25- Wild Rose (Rosa Canina). A pessoa é apática, cansada, conformada, covarde, fraca, infeliz, tímida, pessimista, submissa, triste. Não há esforço, a pessoa renuncia à luta, acredita que tudo é culpa do “destino”.
6 DESESPERO: 26- Crab Apple (Malus Pumila). A pessoa é abatida, aborrecida, deprimida, desgostosa, detalhista ao extremo, medrosa, preocupada, rigorosa. Sofre de mania de limpeza (necessidade de purificação). Sente como se tivesse em si algo sujo, impuro, do qual quer livrar-se. 27- Elm (Ulmus Procera). A pessoa é abnegada, capaz, idealista, trabalhadora, líder, otimista; quando sobrecarregada por muitas responsabilidades, entra em pânico, e torna-se angustiada, tensa, doente. “Sensação de transbordamento”. Para dores no corpo. 28- Larch (Larix Decidua). A pessoa é angustiada, desencorajada, hesitante, indecisa, insegura, medrosa, pessimista, reprimida, tímida. Não acredita em si, antecipa o fracasso e perde excelentes oportunidades. 29- Oak (Quercus Robur). A pessoa é batalhadora, capaz, confiável, corajosa, leal, empreendedora, generosa, justa, resistente, insatisfeita. Por senso de dever, persevera na luta, não perde as esperanças, mas pode não considerar seus próprios limites, especialmente quando adoece.
30- Pine (Pinus Sylvestris). A pessoa é arrependida, cuidadosa, detalhista, esgotada, insatisfeita, preocupada, responsável, triste. Mesmo sem ter culpa, vive se recriminando, se criticando, se torna o “bode expiatório”. 31- Willow (Salix Vitellina). A pessoa é agressiva, amarga, amargurada, ciumenta, crítica, derrotista, insatisfeita, intolerante, invejosa, irritadiça, rabugenta, ressentida, vingativa, mesquinha. Acha que é a “ vítima” de tudo e de todos. Não aceita os revezes da vida, e facilmente perde o interesse. 32- Sweet Chestnut (Castanea Sativa). A pessoa é abatida, angustiada, deprimida, inconsolável, negativista, solitária, sofrida, torturada, triste. O futuro é o Caos. Quando “Nada resta fazer...”. 33- Star of Bethlehem (Ornithogalum Umbellatum). A pessoa é abatida, aterrorizada, chocada, deprimida, desesperada, traumatizada. O floral é excelente para quem se encontra em profunda angústia, em situações de perdas graves. Para quem não consegue se habituar e traz seqüelas de choques e traumas.
7 EXCESSIVA PREOCUPAÇÃO COM OUTROS: 34 - Vervain (Verbena Officinalis). Para indivíduos com senso de missionários, entusiasmados com sua “missão”, reformadores, extremistas, com princípios e ideais fixos, imutáveis, “donos da verdade”. Há um sentido catequético: querem convencer a todos. Têm força de vontade e coragem. Quando doentes, lutam onde todos teriam desistido. 35- Chicory (Chicorium Intybus). Para pessoas que se preocupam excessivamente com entes queridos, querem amar o mundo, mas não se apegam às pessoas próximas. Possessivos e egoístas, costumam cobrar o afeto, ofendem-se facilmente, são vampirizadores, carentes, sempre vêem algo de errado nos outros que podem corrigir. 36- Beech (Fagus Sylvatica). A pessoa é arrogante, autoritária, crítica ao extremo, cruel, descontente, intolerante, pedante, queixosa, solitária, vaidosa. Não consegue enxergar o Belo, a Bondade e o Bem.
37- Vine (Vitis Vinifua). A pessoa é ambiciosa ágil, arrogante, capaz, cruel, déspota, ditadora, egoísta, impiedosa, líder, maledicente, perversa, rígida, valente, violenta. Não aceita argumentação e exige obediência. 38- Rock Water. A pessoa é fanática, exagerada, orgulhosa, perfeccionista, rígida, austera, castradora, exigente, repressiva, severa, priva-se dos prazeres. É o “mártir”.
Edward Bach, criador da Terapia Floral, apregoava a autocura. Sem dúvida, qualquer pessoa que estude o repertório dos Florais de Bach, pode, escolhendo no máximo 7 essências, montar uma fórmula que "funcione" bem e equilibre algumas mazelas. Mas somente o Terapeuta profissional, por seu compromisso com a assertividade pode conduzir um tratamento adequado aos diversos dilemas e patologias que acometem às pessoas. Qualquer pessoa que estudar a lista acima pode montar uma fórmula para experimentar a terapêutica dos florais, mas só o terapeuta pode conduzir o processo psicoterápico que a Terapia Floral implica. Além disso, montar uma fórmula não é simplesmente relacionar estados emocionais e padrões mentais às essências florais, pois como se estrutura a partir de uma racionalidade vitalista, Terapia Floral é alquimia: é necessário a Temperança, a Arte de Combinar as Energias.
Mais informações, consulte um Terapeuta.
(21) 2244-2708

Nenhum comentário: